Introdução ao Python

O Python é uma linguagem de programação interpretada que tem como principais características:

  • Código legível
  • Tem um garbage collector autônomo
  • Tem tipagem dinâmica – você não precisa definir o tipo da variável antes de utilizá-la

Se você iniciar o interpretador de comandos (comando python) você pode executar os comandos diretamente no shell, como por exemplo:

# "Jogo da velha" (ou sustenido, como preferem alguns) serve para comentar o que vem adiante
"Fulano" + "da" + "Silva"       # Imprime 'Fulano da Silva' na tela
1 + 2             # Imprime 3 na tela

Outros comandos e estruturas:

Não poderia faltar o Hello World!

# Comando utilizado para exibir um texto na tela fora do interpretador de comandos
print("Hello, " + "world");

Listas

# Listas, que em outras linguagens são chamadas de arrays ou vetores
# Repare que isso se parece muito com JSON
['maçã', 'banana', 'macaco']

# Atribuindo a lista acima a uma variável
a = ['maçã', 'banana', 'macaco']

# List slices
a = [10, 11, 12, 13, 14, 15]
print( a[1] ) # Imprime 11, que é o elemento de índice número 1
print( a[0:2] ) #imprime [10, 11], que são os elementos de 0 a 2, sem incluir o item de índice 2
print( a[3:] ) #imprime [13, 14, 15], que são todos os elementos a partir do de índice 3, inclusive

# Verificando se um item está presente em uma lista
a = [1, 2, 3, 4]
1 in a # Retorna True
10 in a # Retorna False

# Essa verificação pode ser usado em condicionais
if 1 in a:
   print("O número 1 está presente na lista a") # Essa linha será mostrada na tela

Dicionários

# Dicionários - também parece-se muito com objetos JSON. A sequência das chaves não é fixa no Python
pessoa = { 'nome' = "Elvis", 'idade' = 18 }
n = pessoa['nome'] # Atribui o texto "Elvis" à variável n
pessoa['nome'] = "José" # Substitui o valor presente em pessoa['nome']
pessoa.keys() # Retorna ['nome', 'idade']
'nome' in pessoa # Retorna True. Quando o operador in é usado em um dicionário, o Python procura o valor nas chaves, não no conteúdo
del(a['nome']) # Elimina o item do dicionário

#Dicionários e listas
# Combinados, eles funcionam de forma muito similar a documentos JSON
things = { 'animals': ['dog', 'cat', 'zebra'] }   # Uma lista dentro de um dicionário em Python
things['animals'][0]   # Retorna 'dog'
things['animals'].append('bird')
things # Exibe {'animals': ['dog', 'cat', 'zebra', 'bird']}

Estruturas de controle

# For loop com listas
sum = 0
numbers = [1,2,3,5,8]
for i in numbers:
  sum = sum + i     # A indentação é o que define os blocos no Python
print i

# For loop com dicionários
people = {'name':'Bob', 'hometown': "Palo Alto", 'favorite_color': 'red'}
for item in people:
  if (item == 'favorite_color'):
     print  people[item]


# While loops
fruits = ['orange', 'apple', 'banana']

i = 0
while ( i < len(fruits) ):
  print fruits[i]
  i = i + 1    # i++ é um operador inválido no Python!

Funções

# Definição de funções
fruits = ['orange', 'apple', 'orange']

# Essa função vai contar quantas ocorrências existem para cada elemento da lista da variável fruits
def funcao(arg):
    count = {}
    
    for item in fruits:
        if item in count:
            count[item] = count[item] + 1
        else:
            count[item] = 1

    return count

ret = funcao(fruits)
print(ret)   # Exibe {'orange': 2, 'apple': 1}

Exceções

# Exceções - usa-se o bloco try..except
import sys     # Necessário para invocar o método de sys logo abaixo

try:
    print 5 / 0
except:
    print "Exceção: ", sys.exc_info()[0]

print("E a vida continua...")

O resultado da execução deste programa é:

Excecao:
E a vida continua...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *